Prefeitura planeja pagar 2 salários mínimos de auxílio para profissionais do Carnaval

O prefeito Bruno Reis (DEM) detalhou nesta sexta-feira (4) como irá funcionar o auxílio para profissionais que atuam no Carnaval em 2022, após o cancelamento da festa pelo segundo ano consecutivo (leia aqui).

Durante a entrega de novos leitos de UTI e clínicos no Hospital Martagão Gesteira, o gestor municipal informou que o desejo da prefeitura é de ampliar o valor dado aos profissionais da área dobrando o valor.

Em 2021, o auxílio, que foi custeado com o apoio de iniciativa privada, beneficiou cerca de 6 mil profissionais com um salário mínimo.

“O universo é pouco mais de 6 mil pessoas, o desejo da prefeitura é pagar dois salários mínimos, no ano passado nós pagamos 1 salário mínimo. Minha ideia agora é dobrar. Para isso eu estou fazendo captação de apoio da iniciativa privada”.

De acordo com Bruno Reis, a ideia é que o valor seja pago antes do dia 24 de fevereiro, data em que seria iniciada a folia momesca em Salvador. Caso não haja apoio da iniciativa privada, o auxílio será custeado pelo município.

“Estamos em tratativas com a Ambev e outros parceiros para que possam ajudar a assumir essa conta. Caso a gente consiga parte desses recursos, isso ameniza os investimentos públicos. Caso não consiga, a prefeitura irá assumir essa conta sozinha, que são 2 salários mínimos, que nós pretendemos pagar ainda antes do período que iria acontecer o Carnaval”.

Fonte: bahianoticias.com.br

Você pode gostar...