ACM Neto rebate críticas a casamento: ‘Pessoas invejosas não querem ver a alegria dos outros’

Desde que imagens do casamento do prefeito ACM Neto (DEM) com a administradora de empresas Mariana Barreto foram divulgadas, críticas à celebração, que ocorreu em meio ao avanço de casos de coronavírus e das medidas restritivas anunciadas pela gestão, começaram a surgir. A cerimônia foi realizada na tarde desse sábado (12) para 20 convidados que não usavam máscara, no apartamento dos pais do prefeito, no Corredor da Vitória (veja aqui).

“Todos foram devidamente testados. Todas as pessoas que participaram como testemunha foram familiares nossos. Eu sequer pude chamar amigos meus. Não chamei nenhum político. Foram pouquíssimas pessoas, repito, devidamente testadas, em respeito ao momento. O momento não é para festas e, por isso, fizemos uma cerimônia muito restrita”, declarou o prefeito de Salvador, na manhã desta segunda-feira (14), durante coletiva de imprensa online para anunciar medidas assistenciais para gestantes.

Ao comentar o fato, Neto disse lamentar que “pessoas do mal” tentem explorar esse “momento íntimo e reservado” de sua vida pessoal. “Eu não nasci prefeito e nem vou morrer prefeito. Tem aqui um cidadão e que merece ser respeitado. Não fiz nada de errado. Pelo contrário, fiz algo muito pequeno, muito reservado. Pessoas invejosas, do mal, que não querem ver a alegria dos outros, que querem aproveitar do momento de felicidade dos outros. Não aceito isso”, rebateu. O decreto atualmente vigente no município permite a realização de casamentos com até 200 convidados.

Fonte: Bahia Notícias

Você pode gostar...